Nati – Cola na Villar – Ultra Glitter

Como sempre a pessoa está atrasada? Porque não? Eu sempre tento colocar a casa em dia, mas sempre chega mais e mais coisa e eu me enrolo tudo de novo. A coleção de hoje é do ano passado (2017) e passou 2018 inteiro aqui esperando para ser usada.

Para fazer bonito nas festas de fim ano sem abrir mão do brilho, a NATI em parceria com a nail designer carioca Ana Paula Villar, conhecida pelo talento e sucesso que faz com o seu canal no youtube, COLA NA VILLAR, lança a coleção ULTRA GLITTER, para enriquecer e proporcionar um visual deslumbrante.

A Nati ano passado fez uma parceria com a manicure Ana Paula Villar e trouxe duas coleções para nós Fascinadas: uma linha de esmaltes cremosos composta por 12 cores que já mostrei aqui no blog e 5 cores de Ultra Glitter. A linha cremosa me agradou muito, cores para todos os gostos mas ainda faltava aquele brilho sabe? E a marca foi lá e trouxe a linha com Glitter que tinha tudo para ser maravilhosa. Em preto com reflexo prata, prata, dourado, rosa e nude com reflexo holográfico, a coleção me encantou desde que tive a oportunidade de ver ao vivo eles nas minhas mãos. Ok, mas se eles são tudo isso porque demorou tanto para mostra-los aqui? Logo que eles chegaram eu me empolguei e usei o prata, afinal tinha reflexo holográfico que tanto amo, mas o resultado não foi o que eu esperava, dai fui usando outro e outro até que te conto o restante mais abaixo.

Pretinho do Poder – Ultra Glitter


Divino – Ultra Glitter


Maravigold – Ultra Glitter


Digna – Ultra Glitter


Cara de Rica – Ultra Glitter


Como é o pincel?

Pincel Flat.

 Camadas necessárias

Sabe aquela decepção? Foi esse o sentimento que tive com essa subcoleção da Cola na Villar. Na embalagem se coloca que o esmalte tem um ultra glitter e na minha percepção e pelas fotos belíssimas que vi no Instagram, eu subentendi que era um esmalte pigmentado (por ter uma cor como base) e que o glitter fosse super carregado precisando de poucas camadas (duas no máximo). Acho que acabei sonhando muito e a minha realidade foi muito diferente. Nas fotos acima comecei a cor Divino com base preta, por o esmalte não ter fundo, ou seja, ter base transparente e necessitarem de um fundo para sobressair. Para isso nada melhor que o esmalte preto certo? Sim, mas o resultado não me agradou por vir pouco glitter no pincel e ficar na maneira das fotos. Depois parti para o Cara de Rica que cansei de ver fotos no Instagram de unhas maravilhosas e super pigmentadas. Esmaltei e achei apagado além de praticamente não ter pigmentação, ou seja, se eu quisesse o resultado apresentado nas redes sociais eu precisaria ter passado outro esmalte como base no mesmo tom. Nesse meio tempo eu desanimei com a coleção, achei que o problema era eu e deixei passar o tempo para tentar novamente. Analisei bem o Maravigold e pensei: não tem como dar errado, ele é lindo no vidro! Pois mais um esmalte que precisava de uma base no mesmo tom para que ele realmente ficasse maravilhoso. Depois passei para Pretinho do Poder que fica cinza e sem graça e não tem nada de preto por faltar pigmentação em sua base. Para por fim e chegar no único esmalte que vale a pena nessa coleção: o Digna. Ele tem uma pigmentação maravilhosa e era o que eu esperava das demais cores, o glitter é bem concentrado e na medida certa com a cobertura sem deixar falhas e sobressair sobre as unhas. Recomendo? Se você usa-los como cobertura de outro esmalte eles são lindos, ou seja, em 4 tonalidades desta coleção a pigmentação é extremamente fraca e necessita de outro esmalte anteriormente para dar cor as unhas. O glitter de ambos é maravilhoso, reflete em holografia que seria perfeito se a formula fosse totalmente eficaz e pigmentada.

É 3 free?

Sim, essa coleção é 3free, ou seja, livre de DBP, tolueno, formaldeído e substancias que podem causar alergia.

Onde encontrar?

Os esmaltes da Nati podem ser encontrados em Perfumarias e na loja online da marca.

0
Translate »